Adeus, Alexandra Lencastre! TVI em silêncio absoluto sobre xeque-mate da SIC

A TVI recusa tecer comentários à surpreendente saída de Alexandra Lencastre para a SIC. A diva da ficção nacional muda-se de armas e bagagens para Paço de Arcos depois de 17 anos em Queluz de Baixo.

07 Fev 2020 | 19:30
-A +A

A procissão ainda vai no adro mas esta é a notícia do dia: Alexandra Lencastre deixa a TVI após 17 anos de novelas e novelas naquele canal e muda-se para a SIC… sem qualquer vínculo de exclusividade e a ganhar menos do que levava para casa enquanto foi uma das estrelas da estação de Queluz de Baixo.

«Ela quis mesmo ir para a SIC e recusou uma proposta de renovação feita pela TVI», dizia à TV 7 Dias uma fonte ligada à SIC, poucos minutos depois do surpreendente anúncio do canal da Impresa.

Ora, ainda que Alexandra Lencastre tenha dito «não» à oferta contratual da TVI – o vínculo terminou a 31 de dezembro de 2019 e a atriz estava, desde então, em negociações -, a diva da ficção nacional vai continuar ligada ao canal por mais alguns dias. Porquê? Porque Alexandra continua a gravar Na Corda Bamba.

Ou seja, a SIC anunciou a contratação antes de a atriz se ter despedido da novela assinada por Rui Vilhena, o argumentista que criou algumas das personagens mais marcantes vividas por Alexandra Lencastre na ficção da TVI: Luísa Albuquerque em Ninguém Como Tu, Fátima Almeida em Tempo de Viver e, agora, Fernanda Sequeira Lobo em Na Corda Bamba.

Sobre isto, aquela que foi a casa de Alexandra Lencastre nos últimos 17 anos nada tem a dizer. Contactada pela TV 7 Dias, fonte oficial do canal da Media Capital limitou-se a dizer: «A TVI não tem comentários a fazer.» Nem sobre o ‘timing’ escolhido pela SIC para o anúncio? «A TVI não comenta sequer essa questão», reforçou.

 

Alexandra Lencastre enaltece «consideração e transparência» na SIC

 

No comunicado em que anuncia a chegada de Alexandra Lencastre a Paço de Arcos, a SIC levanta já a ponta do véu sobre os projetos que tem previstos para ela: «um papel de destaque na ficção da SIC» e «a condução de um programa, que se estreará em breve, na SIC Mulher».

Na mesma nota, o Diretor-Geral de Entretenimento da Impresa, Daniel Oliveira, também se pronuncia sobre o xeque-mate que preparou, em pouco tempo, à TVI, roubando ao principal canal uma das principais estrelas da sua ficção. «A Alexandra é fantástica e está na melhor fase artística da sua vida. É ótimo tê-la connosco e perceber que é alguém para quem o valor da palavra vale mais do que tudo o resto. Traz frescura, experiência, qualidade, irreverência e vontade de estar na SIC. Aqui terá vários desafios e condições de cativar o público com o seu talento, tendo o reconhecimento que merece», afirma.

Quem lê as palavras do timoneiro da SIC rapidamente faz, claro, uma alusão às mais variadas demonstrações de descontentamento que Alexandra Lencastre foi fazendo em relação à TVI, ao longo de vários anos, alegando cansaço e pouco tempo de descanso entre projetos. Desgaste de imagem, portanto.

«Com uma energia renovada, com esperança, fé e confiança num caminho diferente e, no entanto, também familiar», Alexandra Lencastre reage a esta notícia referindo-se a 2020 como um «ano de mudança». «Fecho um ciclo do qual me orgulho, não só pelo que colhi e guardei de grandes profissionais, mas também porque dei sempre o melhor de mim. Entro na SIC pela melhor porta – a da verdade, respeito, consideração e transparência. Estou motivada para todos os desafios da minha nova casa e por reencontrar tantos companheiros. Chego com um sorriso nos lábios e uma flor no coração», afiança a atriz.

 

VEJA TAMBÉM:
Alexandra Lencastre muda-se para a SIC mas a ganhar menos do que na TVI
Alexandra Lencastre em exclusivo: «Há homens que nos querem modificar»
Alexandra Lencastre sofre por filha: «Chorei lágrimas de alegria e de tristeza»

 

Texto: Dúlio Silva; Fotografias: Arquivo Impala

PUB
Top