Tiago Teotónio Pereira: «Os meus dotes de dança dependem do nível de álcool no sangue»

A menos de uma semana do arranque da quarta edição de Dança com as Estrelas, os 10 novos concorrentes revelam receios e preocupações na hora de bailar.

03 Dez 2018 | 22:16
-A +A

Na apresentação da quarta edição de Dança com as Estrelas, esta segunda-feira, 3 de dezembro, Kelly Bailey, Tiago Teotónio, Bárbara Bandeira e Badoxa revelaram algumas das dificuldades que têm vindo a sentir nos treinos.

Focada na dança e no novo desafio,Kelly Bailey mostrou-se descontraída e contou que não existe nenhum estilo que a «assuste». «Vou ter de fazer, por isso todas as semanas tenho de agarrar o estilo», disse.

 

Veja mais:Greve na Plural coloca Dança com as Estrelas em risco!

 

A namorada de Lourenço Ortigão gosta de «danças divertidas» e já ganhou o «bichinho» pela arte. «Dançar faz-me feliz e eu sinto-me bem», confessou. Relativamente ao namorado, que venceu a segunda edição do programa, Kelly foi de poucas palavras. «É uma pessoa que me vai ajudar porque já passou por isto», terminou.

 

«Eu nasci preparado», afiança Tiago Teotónio Pereira

 

«Eu nasci preparado», começou por dizer Tiago Teotónio, em jeito de brincadeira. Quando questionado sobre a dança estar presente na sua vida, Tiago não foi de meias palavras. «A dança nunca esteve presente na minha vida, só quando vamos sair a noite e os meus dotes dependem do nível de álcool no sangue», revelou.

O ator tinha o sonho de «saber cantar e dançar», mas não domina nenhuma das vertentes. «Adorava saber dançar e cantar, mas não sei nenhuma das duas. Agora estou a aprender e já pedi para me ensinarem, porque quero dançar nos batizados e casamentos. Quando sair daqui já sei como fazer», terminou.

Bárbara Bandeira nunca explorou a área da dança, mas a mãe era bailarina. «Este desafio vai ser incrível, vai ajudar-me muito em concertos», começou por dizer. A cantora sente-se uma «privilegiada» porque tanto na área da música como agora na dança pode pedir ajuda aos pais. No entanto, a artista quer «surpreendê-los».

«A minha maior dificuldade é a postura. Tenho de estar mais reta e eu costumo andar mais à vontade no dia-a-dia, mas está a correr bem», contou.

«Quem está de fora a rir venha experimentar que não vão rir mais. Vão chorar!»

 

Para Badoxa, este novo desafio não está a ser «nada fácil». «Admito que não é fácil. São quatro horas a dançar, todos os dias», revelou.

 

Veja mais: As primeiras imagens dos ensaios de Dança com as Estrelas!

 

O cantor não «desiste» facilmente e a «postura» tem sido o mais «difícil» para o artista. «Quem está de fora a rir venha experimentar que não vão rir mais, vão chorar», terminou.

Texto: Ana Filipe Silveira e Inês Borges/ Fotos: Paula Alveno

PUB
Top