Segredo revelado: Salvador Sobral esteve a um passo de ser desqualificado da Eurovisão

Quatro anos depois, Salvador Sobral revelou que quase foi desqualificado do Festival Eurovisão da Canção, no qual acabou por alcançar a primeira vitória para Portugal. A história é peculiar.

01 Jun 2021 | 17:26
-A +A

Salvador Sobral foi entrevistado por Mariana Cabral, também conhecida como Bumba na Fofinha, no podcast “Reset”. Durante a conversa, aquele que venceu o Festival Eurovisão da Canção, em 2017, com o tema “Amar pelos Dois”, confidenciou que teve um “quase fracasso” durante aquela edição do certame.

O cantor, de 31 anos, assumiu que os vários ensaios a que os concorrentes são submetidos antes da grande gala, em direto, não foram do seu particular agradado e que o facto de tentar improvisar uma versão inglesa do mesma tema que levou para competição o ia conduzindo a uma desclassificação.

“Havia 50 mil ensaios e eu não gosto de ensaiar demasiado. Não é essa a nossa maneira de tocar. Não ensaiamos muito e ali tinha de se ensaiar 50 mil vezes por causa das câmaras”, começou por explanar o irmão de Luísa Sobral. “Então, há um dia em que eu digo à minha irmã [compositora do tema “Amar Pelos Dois”]: ‘Olha, ‘bora fazer em inglês. Tu escreves a letra em inglês e eu canto em inglês no ensaio”, prosseguiu o artista na sua explicação, para depois assegurar que essa mudança era “só para fazer uma coisa diferente”.

 

“Estás maluco? Se fazes isso, somos desqualificados”

 

A versão de “Amar Pelos Dois” chegou, efetivamente, a ser traduzida para inglês mas, no momento de subir ao palco – que naquele ano foi montado na cidade de Kiev, na Ucrânia -, foi impedido por um membro da delegação portuguesa.

“Quando estava a caminho do ensaio, vem a correr a Carla Bogalho, da RTP. ‘Salvador, ouvi dizer que queres cantar isso em inglês. Estás maluco? Se fazes isso, somos desqualificados'”, recordou, frisando novamente: “Éramos desqualificados, não era uma reprimenda”. Com a ameaça de o cantor ser retirado da competição, Salvador Sobral desistiu da ideia de cantar a música em inglês.

Sobre a noite que consagrou a vitória de Portugal – a primeira vez na história do Festival Eurovisão da Canção -, o artista acredita que foi “uma conjunção enorme de fatores que fez com que aquilo corresse tudo perfeitamente”. “Poderiam ter corrido mil coisas mal, mas correu tudo bem para eu agora poder fazer a música de que gosto por todo o lado”, acrescentou.

 

Recorde o tema que levou Portugal à primeira vitória na Eurovisão:

 

 

Salvador Sobral revela amor não correspondido por Carolina Deslandes

 

Durante a mesma entrevista, o jovem músico fez uma outra confidência ao revelar que, nos tempos do liceu, viveu uma paixão não correspondida por Carolina Deslandes. “Andávamos na mesma escola […]. Apanhávamos os dois o [autocarro] 27 e subíamos a rua toda até o liceu”, contou Salvador Sobral, descrevendo a cantora, na altura, como “uma miúda diferente” que fez despertar o seu coração.

“Ela falava-me muito do ex-namorado, mas era ex… […] Há um dia em que ela diz: ‘Salvador, temos de nos ver, porque eu tenho uma coisa para te contar’. Fui ter com ela e ela diz-me: ‘Estou tão feliz, voltei para o meu ex-namorado'”, recordou o músico, que recebeu a notícia como um bomba. Salvador Sobral confessou ainda ter derramado umas lágrimas por a paixão não ser recíproca.“Lembro-me de chorar, chorar…”, disse.

 

Salvador Sobral chegou, mais tarde, a confrontar Carolina Deslandes com este amor. Saiba a cantora sobre o assunto clicando aqui.

 

Texto: Alexandre Oliveira Vaz; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB