Salvador Sobral já teve covid-19 e afirma: “Pensava-se que era impossível sobreviver”

Salvador Sobral revelou no programa “5 Para a Meia-Noite” desta quinta-feira ter estado infetado com covid-19. “Pensava-se que era impossível sobreviver sendo transplantado, eu já tive e estou aqui”.

18 Dez 2020 | 21:00
-A +A

Salvador Sobral foi um dos convidados do programa “5 Para a Meia-Noite”, da RTP1, desta quinta-feira, 17 de dezembro, e confidenciou que já esteve infetado com a Covid-19.

“Quando rebentou a Covid-19, havia uma grande paranóia também em relação a imunodeprimidos, na altura pensava-se que era impossível sobreviver ao Covid sendo transplantado, eu já tive e estou aqui…eu tive em outubro”, revelou o cantor.

“Têm muito medo e acham que não sobrevivem ao covid mas parece que há certos imunodeprimidos que, pela imunidade ser baixa no corpo, não há tanta resposta do corpo ao vírus. (…)”, continuou, para depois acrescentar: “No fundo, o combate do corpo ao vírus é que nos lixa e é que nos põe nos ventiladores portanto eu tive, na verdade, um covid muito ligeiro”.

O artista, que venceu a edição 2017 da Eurovisão e que deu a vitória a Portugal, revelou ainda que contraiu a doença durante um concerto da irmã. “Apanhei num concerto da minha irmã, fui lá cantar com ela, e tive que estar 20 dias em casa”. E reforçou: “Para estas pessoas imunodeprimidas, dizer que isto não é necessariamente o fim do mundo…”.

De recordar que foi em 2017 que Salvador Sobral foi submetido a um transplante de coração e, portanto, encontra-se no grupo de pessoas com maior risco de ter Covid-19 e de desenvolver manifestações mais graves da doença.

Texto: Márcia Alves; Fotos: Reprodução Instagram

 

Leia ainda:
Febre prega susto a Salvador Sobral! Cantor faz teste de despiste da Covid-19

PUB