Portugal está na final da Eurovisão: Veja como The Black Mamba conquistaram o público

The Black Mamba, que representam o nosso país no Festival Eurovisão da Canção, conseguiram o apuramento para a final do certame. “Love Is On My Side” já está na história de Portugal no concurso.

21 Mai 2021 | 9:43
-A +A

The Black Mamba, os representantes de Portugal na edição deste ano do Festival Eurovisão da Canção, conseguiram o apuramento para a final do certame. Com “Love Is On My Side”, a banda garantiu, esta quinta-feira, um lugar na derradeira etapa do evento internacional, marcada já para o próximo sábado.

 

 

Além de Portugal, a segunda semifinal da Eurovisão, que este ano decorre em Roterdão, nos Países Baixos, terminou com o apuramento de Albânia, Sérvia, Bulgária, Moldávia, San Marino, Suíça, Grécia, Finlândia e Islândia. Os representantes do último país, os Daði og Gagnamagnið, não atuaram ao vivo, na sequência do diagnóstico positivo de COVID-19 num dos elementos do grupo e outro na delegação islandesa.

Na primeira semifinal, que aconteceu na terça-feira, carimbaram um passaporte para a derradeira eliminatória Noruega, Israel, Rússia, Azerbaijão, Malta, Lituânia, Chipre, Suécia, Bélgica e Ucrânia.

Reino Unido, França, Itália, Espanha e Alemanha, por formarem os “Big 5”, os principais contribuidores financeiros do espetáculo, e os Países Baixos, por receber o evento, estão automaticamente na final.

“Love Is On My Side” já está na história de Portugal na passagem pelo Festival Eurovisão da Canção por ser a primeira canção escrita inteiramente em inglês que o nosso país leva ao concurso. The Black Mamba passaram à última fase depois de, em 2019, Conan Osíris, com a canção “Telemóveis”, ter falhado o apuramento para a final.

No ano passado, Elisa, com o tema “Medo de Sentir”, de Marta Carvalho, iria representar o nosso país no certame, mas este acabou por ser cancelado por causa da pandemia da COVID-19 e a RTP, que organiza o Festival da Canção, decidiu escolher novos embaixadores portugueses na Eurovisão.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: EBU/Andres Putting/Thomas Hanses e reprodução redes sociais

PUB
Top