Pontos no is: A Pipoca Mais Doce abre o jogo sobre alegada afronta com Teresa Guilherme

A Pipoca Mais Doce acabou com os rumores de um alegado mal-estar com Teresa Guilherme, garantindo que a apresentadora é “uma querida” e que, entre as duas, houve “zero incompatibilidade”.

16 Out 2021 | 10:33
-A +A

A Pipoca Mais Doce foi uma das convidadas da emissão desta quinta-feira, 14 de outubro, do programa “5 Para a Meia-Noite” e participou na rubrica “Pressão no Ar”. A comentadora do “Big Brother” foi confrontada com algumas perguntas ‘difíceis’, mas não deixou nada por dizer.

Inês Lopes Gonçalves, a anfitriã do programa da RTP1, e Miguel Rocha questionaram A Pipoca Mais Doce, cujo verdadeiro nome é Ana Garcia Martins, sobre um alegado mal-estar com Teresa Guilherme que terá acontecido durante o “Big Brother – A Revolução”. “Zero incompatibilidade. Uma querida, mesmo”, respondeu, falando novamente no nome da apresentadora quando lhe perguntaram quem tinha sido o melhor apresentador de sempre do reality show: “Teresa Guilherme”.

Ainda sobre a sua participação no formato como comentadora, A Pipoca Mais Doce admitiu que sentiu medo que familiares de alguns concorrentes do “Big Brother” lhe fizessem uma espera, mas garantiu que tal nunca aconteceu.

Inês Lopes Gonçalves perguntou à influencer se participaria num “Big Brother Famosos” e esta admitiu que sim, que toda a gente tem um preço. “Lá está, eu sou uma mercenária. Eu vendo-me…”, disse, com o seu habitual sentido de humor, revelando três celebridades que gostaria de ter com ela dentro da casa: “O Rui Costa, presidente do Benfica, Pinto da Costa e Frederico Varandas. Ia ser muito animado”.

No final, A Pipoca Mais Doce respondeu ainda à pergunta: “Fizeste dois posts este ano. Ainda podemos dizer que és blogger?”. “Não, sou instagrammer, que dá mais dinheiro”, afirmou.

 

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB