“Podem educar!”: Diogo Infante defende novelas por “provocarem debate na sociedade”

Diogo Infante fala sobre a série “Pecado” e a novela “Quero é Viver”, de cujos elencos faz parte. Em entrevista à TV 7 Dias, o ator salienta a importância deste último género de ficção.

25 Set 2021 | 8:12
-A +A

Aos 54 anos, Diogo Infante é um dos nomes mais relevantes do teatro, do cinema e da televisão nacional. O ator é um dos protagonistas da série “Pecado”, que a TVI estreia neste sábado, 25 de setembro, e encontra-se a gravar “Quero é Viver”, uma novela que aborda o universo feminino. “É urgente falar da igualdade de género”, defende.

Numa entrevista exclusiva à TV 7 Dias, além de falar da sua personagem em “Pecado”, Diogo Infante aborda o arranque das gravações de “Quero é Viver”, na qual faz par romântico com Fernanda Serrano.

“É um prazer. De marido, é a terceira vez, mas já trabalhamos mais vezes. É sempre um prazer. Além de sermos amigos, adoro trabalhar com a Fernanda. Ela é uma mulher muito talentosa, generosa, é muito bonita, cheira muito bem e é sempre tão bem-disposta que nos divertimos muito a trabalhar. Mesmo quando temos de fazer cenas dramáticas, em bastidores é sempre uma festa. Somos muito cúmplices e isso torna tudo ainda mais prazeroso. No geral, está reunido um elenco muito cúmplice e talentoso e é um bom ponto de partida para um projeto que se adivinha para nove meses”, revela.

Feliz com mais este projeto, o ator acredita que as novelas têm esse papel de ajudar a mudar mentalidades. “Absolutamente. As novelas fazem companhia a tanta gente e devem abordar temas sociais, porque elucidam, esclarecem e fazem as pessoas sentirem-se acompanhadas. Além de entreterem, as novelas podem educar, provocar o debate e a discussão na sociedade.”

Na mesma entrevista à TV 7 Dias, Diogo Infante fala ainda dos motivos por nunca ter optado por uma carreira internacional, do seu papel de pai e dos valores que transmite ao filho.

 

Leia a conversa completa com Diogo Infante na edição desta semana da TV 7 Dias. Já nas bancas!

 

TV 7 Dias

 

Texto: Neuza Silva (neuza.silva@impala.pt); Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB