Nazaré: Natália vai à Quinta e revela a Duarte que é a sua mãe!

Saiba tudo sobre os principais acontecimentos do episódio desta quarta-feira, 15 de julho, da segunda temporada da novela da SIC Nazaré.

15 Jul 2020 | 13:10
-A +A

Rui está surpreendido por Nazaré ser a mulher de Duarte, fica a saber do seu acidente em que Duarte quase morreu afogado e sente-se afetado. Rui diz a Nazaré que vinha falar de questões profissionais com Duarte. Nazaré diz que o marido está a descansar e acha estranho sendo ele veterinário. Rui resolve passar mais tarde.

Natália, muito nervosa, diz que o sobrinho viu-a. Rui pergunta como é que ele sabe, ela não sabe mas ficou com essa sensação que ele a reconheceu. Rui conta-lhe do acidente do irmão e que vai ficar à espera que ele tenha melhoras.

Duarte prepara-se para sair para o emprego. Nazaré estranha, diz-lhe que precisa de descansar mais mas ele diz que se sente bem. Alice acha que Duarte foi um pouco bruto a falar com Nazaré. Olívia tenta seduzir Bernardo, que a ignora e fala do que se passou com Nuno. Olívia sente-se ignorada, veste o roupão que tinha deixado cair para seduzir Bernardo e volta para o lar dizendo que lá ao menos reparam nela.

No lar, Floriano, Ermelinda e João falam do novo utente, alinham pormenores para que não desconfiem que chegou agora. Matilde e Olívia ficam desconfiadas e fazem perguntas, mas os três esquivam-se. Nazaré avisa Joanes do contrato que fechou com a cadeia de minimercados, quando fica tudo às escuras. Ela manda Joanes ir ver do quadro, tenta ligar para a companhia mas ninguém atende, decide sair para resolver o problema.

No gabinete da Presidência da Atlântida, Duarte mostra desagrado pelos esboços que Joaquim apresentou. Joaquim não percebe quando Duarte diz que lhe parece ser tudo antiquado e culpa o seu mau trabalho por não estar focado na empresa.

Érica fala baixo ao telemóvel para não acordar Yara, queixa-se da azáfama com a bebé. Dolores ouve a parte que ela diz que quer meter Yara numa creche e fá-la ver que o tempo passa a correr e que pode arrepender-se de não aproveitar este tempo precioso. Érica está decidida.

Natália vai embora e diz a Rui que devia fazer o mesmo, não sabe quanto tempo vai demorar para o irmão recuperar. Rui diz que não é capaz de ignorar o irmão, como ela conseguiu. Natália sai apressada mas acaba por deixar cair as suas coisas, Amélia ajuda-a mas Natália começa a chorar. Amélia sugere tomarem um chá. No final, Natália agradece a ajuda de Amélia, que lhe diz que é advogada e pode ajudar se ela tiver algum problema legal.

Nazaré comenta com Joanes que tem a certeza que foi Adolfo que cortou a luz e avariou o gerador. Joanes diz que vão ter um grande prejuízo. João não percebe porque é que Toni ainda não teve coragem de pedir Vânia em casamento, Toni desculpa-se com o filho, que dá muitas despesas. Nazaré liga-lhe e ele diz que tem de ir ajudá-la, João espera que não seja Nazaré a razão. Por seu lado, Vânia desabafa com Ermelinda sobre Toni, tem ciúmes de Nazaré.

Nas traseiras do mercado, Nazaré ajuda Toni a descarregar o gelo. Adolfo diz que vai espalhar por todos que o peixe descongelou, para não lhe comprarem peixe. Nazaré furiosa, faz sinal a Joanes que lhe lança água com gelo fazendo Adolfo patinar. Todos se riem. Rui oferece ajuda e aproxima-se de Nazaré, para desagrado de Toni.

Na receção do hotel, Gil pede emprego a Nuno, quando Ana entra e pergunta se anda a persegui-la. Amélia mete-se na conversa. Nuno diz que não estão a precisar de ninguém e que a Ana não precisava ser tão bruta. Júlia, desesperada, tenta encontrar alguma pista sobre o paradeiro de Roberto na mala dele. Nuno traz-lhe comida e vendo-a desesperada, oferece-se para ajudá-la para ver o resto das coisas.

Alice aguardava Duarte para brincar com ela, mas ele não quer, a menina insiste e ele acaba por empurrá-la. Bernardo chama-o à atenção e Duarte pede desculpa a Alice. Já no quarto e perturbado, fala para o espelho, questionando a si mesmo o que se está a passar com ele.

Alice está triste porque quer ver o avô, Nazaré comenta que têm de arranjar um sítio para Alice ficar enquanto o avô está internado. Alice quer ficar ali, mas comenta com Nazaré que Duarte não a quer ali porque a empurrou. Duarte entra, fica constrangido e diz que foi sem querer. Nazaré insiste em saber o que se passa com ele e a razão da agressividade. Duarte, impaciente, não sabe o que dizer e diz que foi tudo um acidente sem intenção. Duarte abre a porta a Natália, que chora sem conseguir falar. Duarte pergunta o que se passa. Natália ganha coragem e diz que é a sua mãe.

 

Recorde aqui o que aconteceu no episódio anterior de Nazaré.

 

Texto e fotografias: SIC

PUB