Morte de Maria João Abreu deixa Tânia Ribas de Oliveira lavada em lágrimas em direto

Tânia Ribas de Oliveira dedicou o programa “A Nossa Tarde” desta quinta-feira, dia 13 de maio, a Maria João Abreu. A apresentadora não conteve as lágrimas e prestou-lhe uma sentida homenagem.

13 Mai 2021 | 16:20
-A +A

Tânia Ribas de Oliveira emocionou-se logo na abertura do programa “A Nossa Tarde”, enquanto ouvia uma música. A apresentadora entrou em estúdio com os olhos de choro e não conteve as lágrimas devido à morte de Maria João Abreu, de quem era próxima.

A comunicadora aproveitou para dedicar a emissão à atriz e prestou-lhe uma sentida homenagem. “Morreu Maria João Abreu, com 57 anos de idade. É sempre muito difícil falar sobre alguém que tivemos o golpe de sorte de conhecer relativamente bem. Conheci-a através do meu irmão João Baião, porque em todos os encontros que tínhamos em casa do João, a Maria João estava sempre presente e pude constatar todas as suas inúmeras qualidades”, começa por dizer.

“Há um episódio do qual nunca me esquecerei, que foi há relativamente pouco tempo, há uns meses, em que a Maria João e o seu grande amor, João Soares, para quem envio hoje um beijinho muito especial, estiveram a noite inteira com o meu filho mais novo, Pedro, ao colo, e no final disse-me que o meu filho lhe fazia lembrar um dos seus netos, que eram meninos abençoados. Isto não se esquece, porque quem os meus filhos beija ,minha boca adoça”, acrescenta.

A apresentadora da RPT1 compara o dia da morte da atriz com o fenómeno de 13 de maio de Fátima, acreditando que não existem “coincidências”. “Uma grande mulher, mãe, atriz, as nossas mais sentidas condolências à família e amigos. Partiu hoje, dia 13 de maio, dia de Nossa Senhora de Fátima. Não haverá coincidências. Até sempre“, remata.

Texto: Inês Borges; Fotos: RTP1

Veja também:
“Portugal fica mais pobre”: SIC e TVI reagem com consternação à morte de Maria João Abreu
“Partes cedo demais”: Famosos em choque com morte de Maria João Abreu

PUB
Top