Maria João Abreu: Médico negacionista que questionou morte da atriz é investigado

A morte de Maria João Abreu levou a que o médico Diogo Cabrita questionasse se a atriz tinha ou não sido vacinada contra a COVID-19. Agora, o mesmo está a ser investigado pela Ordem.

17 Out 2021 | 13:13
-A +A

Maria João Abreu morreu em 13 de maio. Volvidos poucos dias, um médico levantou suspeitas sobre a morte da atriz e, cinco meses depois, sabe-se que o mesmo está ser investigado pela Ordem. A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos quer averiguar se as afirmações de Diogo Cabrita incorrem na “prática de infração disciplinar”, avança o Observador.

O médico negacionista trabalha no Hospital dos Covões, em Coimbra, e afirma publicamente que a vacina contra a COVID-19 é prejudicial aos jovens. “[Pode] dar um AVC [Acidente Vascular Cerebral], um enfarte do miocárdio, uma trombose venosa profunda” a uma “criança de 17 anos”, alegou, durante a chamada Marcha Pelas Crianças, caminhada que organizou entre Coimbra e Lisboa, em protesto contra a inoculação de menores, e que se iniciou a 13 de maio, exatamente no dia em que Maria João Abreu perdeu a vida.

Sobre a artista, que sofreu o rompimento de um de dois aneurismas, disse: “Porque é que não fica claro se a Maria João [Abreu], a atriz, foi ou não vacinada? Ela teve a doença, houve informações de que foi vacinada, e depois há um caso brutal”, atirou, falando ainda em “sonegação de informação”.

 

Atores de “A Serra” mantêm ritual diário dedicado a Maria João Abreu

 

Maria João Abreu marcou João de Carvalho de uma forma muito especial. Na entrevista que deu a Daniel Oliveira, emitida na tarde deste sábado no programa “Alta Definição”, da SIC, o ator e filho de Ruy de Carvalho recordou a amiga e colega, com quem contracenava na novela “A Serra”.

“Não consigo ultrapassar. O que mais me tem custado é passar pelos cenários onde gravei com ela e… parece que a estou sentir. Acho que isto está acontecer a todos”, disse João de Carvalho sobre os colegas da trama. “Muitas vezes, olhamos uns para os outros e nem precisamos de dizer, porque estamos a sentir”, acrescentou.

João de Carvalho está a refazer cenas que tinha feito com Maria João Abreu. “Dói… Dói… Dói porque eu amava a minha colega Maria João”, lamentou, adiantando que, ainda hoje, “a partir as 21h30”, o elenco de “A Serra” recorda a malograda artista. “Todos as noites, a nossa lembrança está ali”, revelou.

 

Leia tudo aqui.

 

Texto: Ana Filipe Silveira; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB