Maria João Abreu e a sentida homenagem nos Globos de Ouro: ” Vivam as mães guerreiras “

Maria João Abreu foi distinguida com o Globo de Ouro na categoria de “Melhor Atriz de Ficção” e a família subiu a palco para uma homenagem simplesmente arrepiante.

04 Out 2021 | 11:50
-A +A

Maria João Abreu foi a grande vencedora do Globo de Ouro na categoria de “Melhor Atriz de Ficção” e o momento de homenagem à atriz, que morreu no dia 13 de maio de 2021, foi um dos mais marcantes da noite.

O papel de Maria do Céu Garcia, na série “Golpe de Sorte”, da SIC, valeu à atriz esta homenagem que foi recebida pelas mãos do viúvo, João Soares, e dos filhos, Miguel e Ricardo Raposo, no palco do Coliseu dos Recreios, na noite deste domingo, dia 3 de outubro.

Com a emoção na voz e no olhar, João Baião anunciou a vencedora e logo se ouviu um ovação. Todos os convidados da XXV gala dos Globos de Ouro se levantaram das cadeiras para aplaudir a tão acarinhada atriz que perdeu a vida este ano.

“Queríamos dedicar este prémio à nossa avó, mãe da nossa mãe”

Após uma atuação de Rodrigo Leão, autor da música do genérico da série da SIC, a família da atriz foi chamada a palco para receber o Globo de Ouro. “Em primeiro lugar, eu queria agradecer ao Daniel Oliveira pela escolha que fez, pela aposta (…) E especialmente à equipa de atores e de técnicos que a João tanto, tanto amava”, declarou João Soares.

Miguel Raposo contiuou: “Um prémio póstumo vem sempre com uma dose de impotência, mas este prémio espelha uma vida de bondade, de generosidade, de partilha, e de altruísmo. Está-nos na boca um ser sem par enquanto contribuinte da mecânica do Teatro, do Cinema e da Televisão”.

Por fim, Ricardo Raposo concluiu: “O nosso dever enquanto artistas é o de repercutir a integridade, o pensamento progressista, o amor. A Maria João fez acima de tudo isto. Queríamos oferecer este prémio à nossa avó, mãe da nossa mãe. Vivam as mães guerreiras e os pais guerreiros”.

Texto: Mariana de Almeida; Fotos: Rui Valido/ SIC

 

PUB