Álcool afasta casal! Liliana chama Pedro de «egoísta»: «Não sou propriedade de ninguém»

Liliana e Pedro somam divergências a cada dia que passa. Desta vez, a administrativa não gostou de saber que o marido bebeu álcool e sentiu o seu espaço invadido. Ele desvaloriza o caso.

02 Nov 2019 | 11:16
-A +A

Liliana Oliveira já não consegue esconder nem disfarçar o incómodo com determinados comportamentos de Pedro Pé-Curto. Desta vez, a administrativa saiu para uma despedida de solteira de uma amiga e sentiu-se incomodada quando o marido lhe ligou, durante a noite, por videochamada.

Por achar inapropriado, a concorrente de Casados à Primeira Vista, da SIC, recusou e pediu que o companheiro lhe telefonasse. Pedro assim o fez… e Liliana percebeu que o marido tinha consumido álcool.

Mais tarde, confrontou-o com este facto: «Quando me ligaste, percebi que tinhas estado a beber. Aquilo que te peço é que, quando o fizeres, não o faças ao pé de mim. E, se é para me telefonares, não me telefones.» Em depoimento, ela acrescentou que percebeu logo que o marido estaria alcoolizado «pelo tom de voz, porque estava alterado».

Pedro, que estava numa saída com um casal de amigos, desvalorizou o episódio. «Eu queria mostrar-lhes quem era a minha mulher, porque tenho orgulho na mulher que tenho. Percebes?», questionou. Sobre o facto de Liliana considerar estar num cenário inadequado para fazer uma videochamada, Pedro equacionou: «Podias ter-te levantado, ir para um espacinho ao lado, para me atenderes. Sei lá…»

«Isso é egoísmo», atirou logo a mulher do professor de Educação Física. «Calma, calma, porque não sou propriedade de ninguém!», disparou ela em depoimento, para a seguir completar: «Eu não sou um troféu! Se ele quer um troféu, que concorra a alguma coisa e ganhe um prémio. A mim não me ganhou.»

Pedro Pé-Curto rematou o assunto redimindo-se: «Peço desculpa se fui intrusivo, mas a intenção era aquela.»

 

Pedro foi vítima de «espécie de abuso psicológico»!

 

Antes deste caso, e por se sentir «um bocadinho com a autoestima em baixo», Pedro Pé-Curto telefonou a Alexandre Machado para falar da evolução – ou falta dela – do seu casamento. «As coisas esfriaram um pouco. Se calhar mais da parte da Liliana do que da minha parte. Tenho tido alguma ansiedade – sou ansioso por natureza – e, se calhar, transfiro essa ansiedade para a Liliana, o que faz com que ela se feche um bocadinho», partilhou com o especialista.

O especialista de Casados à Primeira Vista aconselhou o concorrente a «baixar um bocadinho mais a intensidade» e tranquilizou-o: «Você não está a fazer nada de errado, não há nada de errado em ser como é. […] É normal que ela precise de tempo para absorver a informação.»

Pedro continuou: «Se calhar, o facto de ser um bocadinho carente também se projeta, porque procuro muito o carinho dela. E, se calhar, ela não se sente confortável a ter de dar uma coisa a que não está habituada. Eu também reajo menos bem à rejeição…»

Já em depoimento, Alexandre Machado acabou por revelar que, à semelhança de Liliana Oliveira, também Pedro Pé-Curto viveu uma relação tóxica: «Ele teve uma relação em que houve uma espécie de abuso psicológico por parte da outra pessoa e ele ainda traz muito essas cicatrizes para esta relação. Ao mínimo sinal, mesmo que seja contraditório, ele interpreta como insegurança, como traição, como a Liliana estar a querer sair da relação. E isso, nestas fases prematuras, dá um sinal muito mau à Liliana, um sinal de uma pessoa que não é estável e em quem ela não pode confiar emocionalmente.»

 

VEJA TAMBÉM:
EXCLUSIVO! Novo concorrente de Casados à Primeira Vista está enterrado em dívidas
EXCLUSIVO! Transplante de ex-Casados durou três horas. Próximos dias «são decisivos»
EXCLUSIVO! Ex-Casados enfrenta rumores de traição! «Não há relações perfeitas»

 

Texto: Dúlio Silva | Fotografias: Divulgação e reprodução SIC

PUB