Joe Best morre com pneumonia: Famosos em choque com desaparecimento do chef

Joe Best morreu, esta sexta-feira, aos 55 anos. O chef estava internado desde o dia 4 de setembro, no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, não resistindo a uma pneumonia. Famosos já reagiram.

18 Set 2021 | 11:02
-A +A

José Besteiro, mais conhecido como Joe Best, morreu, esta sexta-feira, 17 de setembro, aos 55 anos. O conhecido chef, amigo de vários famosos e presença assídua em programas de televisão, estava internado no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, desde o dia 4 de setembro e não resistiu a uma pneumonia.

Joe Best tinha-se mudado para o Alentejo no verão, onde planeava abrir um bar. Antes de ir, fechou o espaço Estórias e Fragmentos by Joe Best restaurante, em Rio de Mouro. Deixa mulher e dois filhos.

 

Daniel Oliveira: “Olha pela Ana e pelo teu campeão!”

 

Nas redes sociais, várias personalidades lamentaram a morte do chef. Nuno Markl foi um deles. “Saber hoje da morte do Joe é mais um daqueles choques que nos faz pensar que alguém anda a levar sobretudo a gente boa”, escreveu no Instagram. Merche Romero, com quem Joe Best trabalhou em televisão, também reagiu ao trágico acontecimento: “Sem palavras, só sentimentos”.

Daniel Oliveira, o Diretor-Geral de Entretenimento do grupo Impresa, que detém a SIC, também era amigo do chef. “Ézumáyóre por uma travessa de razões derivadas umas dazoutras. Descansa em paz e olha pela Ana e pelo teu campeão! Vamos ter saudades, meu amigo”, lamentou.

 

“O Joe Best andava à frente do tempo dele”

 

Nuno Santos, Diretor da CNN Portugal, também se mostrou devastado. “O Joe Best – é ver como trabalhou as redes sociais – andava à frente do tempo dele. Tinha, aliás, o seu próprio tempo. E os seus horários que fazia nossos. Podíamos ir jantar à 1 da madrugada e ele recebia-nos como como se fossem 8 ou 9 da noite. Recebia-nos sempre e, valha a verdade, devíamos ter ido mais vezes. Era um Chef que adorava ser um cozinheiro e cozinhava espantosamente”, escreveu.

“Tinha um humor cortante, um sorriso largo e parecia nunca se vergar às contrariedades das muitas vidas que viveu. Aliás, o que para outros seriam tragédias para ele eram testes que superou, acho que sempre, e nos últimos anos com a incrível ajuda da Ana Rosa Besteiro. Penso nela, claro, e no pai, o meu velho amigo João – ‘o melhor barbeiro de Lisboa’ – que já tem idade para ser poupado a estas provações. A vida continuará, mas há um certo sal que o Joe lhe dava e que hoje perdemos”, acrescentou.

O ator António Machado também reagiu nas redes sociais: “Que triste estou. Não se faz”. Jel escreveu: “Descansa em paz, amigo Joe Best”.

 

Texto: Patrícia Correia Branco; Fotos: reprodução redes sociais

PUB