Gravidez traz novo elemento à família Patrocínio

Inês Patrocínio, irmã da apresentadora, está grávida. Carolina terá um novo sobrinho ou nova sobrinha!

03 Ago 2017 | 13:26
-A +A

Inês Patrocínio está de parabéns. A irmã de Carolina Patrocínio está grávida do primeiro filho.

A notícia foi avançada pela própria através das redes sociais. “Algo está a ser cozinhado”, foi assim que a mulher de Pedro Rocha Melo anunciou a boa nova.

Rapidamente, vários amigos deram os parabéns tanto a Inês como a Pedro.

O casamento no Alentejo

O casal trocou alianças a 7 de maio de 2016, no Santuário de Nossa Senhora da Conceição, em Vila Viçosa.

A festa continuou na herdade da família, no Redondo. 

A polémica da sobrinha Frederica

Carolina Patrocínio, que esteve de férias no Algarve, viu uma das fotografias da filha Frederica ser alvo de comentários negativos pelos seus seguidores.

Assim que a imagem foi partilhada, a mesma foi rapidamente alvo de críticas, mas houve também quem tivesse mostrado agrado pela fotografia.

“Que idiotice! Uma criança com esse sol todo, Carolina devia ter vergonha”, comentou uma seguidora.

Há ainda quem faça um aviso à apresentadora sobre o risco da criança poder apanhar cancro de pele devido à exposição ao sol.

Com tantos comentários negativos, há ainda quem defenda a apresentadora e chegue mesmo a afirmar que “uma mãe sabe sempre o que é melhor para os seus filhos, caso contrário seríamos todos iguais”.

Polémica da transfusão

 Recentemente, Carolina Patrocínio e Gonçalo Uva partilharam nas redes sociais uma fotografia na qual o casal surge a fazer um tratamento baseado em transfusões de sangue, algo que foi duramente criticado pelos seguidores de ambos.

A apresentadora, depois de algum tempo sem comentar o sucedido, acabou por emitir um comunicado sobre esta polémica.

“Desculpem, mas não consigo ficar calada, porque li tanta estupidez, tantas barbaridades, que preciso dar uma explicação, uma resposta”, disse a apresentadora.

Entretanto essa mesma clínica foi encerrada depois de ter sido alvo de investigação!

A Ordem dos Médicos já se manifestou sobre o assunto e afirma que se trata de “publicidade enganosa”.

Veja também:

PUB