Gravações de Quero é Viver acabaram com lágrimas e abraços. Veja as imagens da festa

Rita Pereira, Joana Seixas, Fernanda Serrano e Sara Barradas viveram momentos de grande emoção no final das gravações de “Quero é Viver”, da TVI.

15 Jul 2022 | 21:30
-A +A

>As gravações da novela “Quero é Viver”, da TVI, terminaram na quarta-feira, dia 13 de julho, e o ambiente no estúdio foi de festa. Houve momentos de euforia, de aplausos, de confetis pelo ar, mas também de muitas lágrimas e abraços entre as quatro protagonistas, que deram vida às irmãs Lobo: Rita Pereira, Joana Seixas, Sara Barradas e Fernanda Serrano.

Nas redes sociais, Rita Pereira escreveu um texto emocionante onde agradeceu e assumiu que está mais madura, depois de ter feito “Quero é Viver”. “Aiiii, nem sei por onde começar e não quero estar aqui a alongar-me com um testamento dirigido à equipa e actores porque, se há coisa que aprendi, foi a nunca deixar de agradecer pessoalmente a quem o merece e isso fi-lo ontem, um por um”, começou por escrever.

“Quero apenas dizer que este projecto transformou-me. Percebi que estou diferente desde a última novela [A Herdeira, 2017/18] que tinha feito: mais ponderada, mais calma, equilibrada, mais madura. Foi o momento certo para fazer esta novela. Estávamos todos na mesma vibe, com a mesma vontade e o mesmo amor”, disse, acrescentando que a ‘sua’ Maria lhe trouxe algo que há muito esperava: “Esperei 18 anos por este twist na minha carreira e percebi que ganhei o respeito de todos enquanto atriz”.

As outras ‘manas’ de “Quero é Viver” também se despediram

Sara Barradas, que dava vida Olga em “Quero é Viver”, também deixou uma mensagem nas redes sociais. “FIM. Agora não consigo encontrar as palavras certas. Nos próximos dias hei-de conseguir (colegas de elenco e de equipa, me aguardem). Agora só quero festejar! Na última foto estamos tal como começámos – abraçadas – mas agora com uma bagagem cheia de histórias, partilhas, aventuras, gargalhadas e amor. Acabou. Mas nós não acabámos”, escreveu a atriz.

Joana Seixas, a Irene da novela, admitiu que este foi um caminho incrível. “Obrigada a todos que fizeram este caminho incrível com este projecto único! Faltam mesmo muitas pessoas nestas imagens muito felizes, mas estão todas guardadas nas incríveis memórias que levamos deste trabalho lindo! Faltam-me as palavras, levo cada pedacinho comigo”, lê-se no instagram da atriz. Já Fernanda Serrano, que interpreta Natália, admite que “Quero é Viver” foi uma terapia. “Hoje termino um projecto, não é mais um, mas sim, o projecto que fez soar campainhas em muitas de nós, que achamos ter as nossas cabeças e vidas resolvidas, mas com algumas inquietações presentes. Foi uma enorme terapia de quase um ano, onde coube muito trabalho, dedicação, rigor, profissionalismo, dor, dúvidas, partilha, entrega, mas sobretudo amor e momentos únicos e irrepetíveis que nos vão deixar a todos muitas saudades!”, escreveu, agradecendo depois a todos os que participaram neste projeto.

Texto: Ana Lúcia Sousa; Imagens: Reprodução redes sociais

PUB