“Ele precisava de descansar”. Bruna Gomes fala sobre morte do avô (Entrevista exclusiva)

Bruna Gomes está em Portugal, com Bernardo Sousa, mas passou as últimas semanas no Brasil com a família. Influencer sofreu duro golpe com a partida do avô.

07 Ago 2022 | 21:00
-A +A

Bruna Gomes está em Portugal, mas, horas antes de regressar ao nosso país, deu uma entrevista à TV 7 Dias, na qual abriu o coração. A influencer brasileira, que venceu o “Big Brother – Desafio Final” e que se apaixonou por Bernardo Sousa, falou sobre a relação com o piloto, sobre a TVI e ainda sobre a morte do avô.

TV 7 Dias – Como foi o regresso ao Brasil? Estava tudo como deixou?
Bruna Gomes – Não. Definitivamente, não. Mas foi ótimo não estar. Eu acho que, como tudo está agora, combina com a nova Bruna, ou a antiga, não sei, acho que com aquela que resgatei.

A participação no “Big Brother Famosos” em Portugal trouxe-lhe coisas boas aí no Brasil? 
Acho que a principal conquista foi me reconectar com o meu propósito. Acho que, com tanta informação e o mood acelerado das redes sociais, acabamos nos perdendo um pouco. Meu propósito está bem restabelecido e isso me deixa segura para fazer qualquer coisa daqui para a frente.

O que tem feito desde que chegou a casa?
Trabalhei. Mesmo [risos]. Ainda não parei, de facto… É isso que dá ficar três meses confinada, não é? A vida continua e todo o dia algo muda. Mas estive com a família, com os amigos, pude curtir alguns lugares que eu gosto, isso já abasteceu o coração.

Tem trabalhado muito ou conseguiu finalmente descansar?
Ainda não. As férias ainda vão vir, pela misericórdia, mas vocês saberão.

Agora que passou algum tempo, já consegue dizer quais são os seus planos para o Brasil e para Portugal?
Quero muito conseguir mesmo estar presente nos dois lugares. Todos os meus projetos e planos incluem sempre Portugal. Quero muito trazer novidades para as pessoas que me acolheram com todo o coração.

Quando pretende voltar ao nosso país? Já tem uma data?
Hoje [N.R.: dia 27 de julho], surpresa, cheguei.

Bruna Gomes em silêncio sobre convites de outros canais

Tem falado com a Cristina Ferreira? Ela já lhe fez algum convite?
Falámos sobre a revista que saiu agora no mês de julho. Ficámos superfelizes de como o trabalho ficou.

Já teve algum convite sem ser para a TVI? Qual?
Segredo [risos].

As saudades do Bernardo Sousa já são muitas? Como foi deixá-lo vir embora?
Foi difícil, até porque começámos tudo num confinamento, então todos os próximos passos foram novidade.

Como fazem para matar as saudades? Falam a toda a hora?
Muito, o dia todo.

Como lida com as coisas que vão saindo na Imprensa, à distância?
Na maioria das vezes, eu acho engraçado. Leio algo e penso “nem eu sabia disso e é a minha própria vida”. Acredito muito que as pessoas entendem aquilo que querem entender, eu sempre fui muito transparente, sempre tentei ser clara em tudo, então, quem quiser saber de facto o que está ou não acontecendo comigo, vai entender.

Quando partiu, disse que não podia ter feito melhor escolha ao vir para Portugal. Ainda mantém isso?
Sim, absoluta certeza.

Recentemente, perdeu o seu avô. Como está a sentir-se?
Felizmente, consegui passar por isso enquanto estava perto dos meus pais. É sempre difícil perder quem nós amamos, mas acredito muito que ele precisava de descansar. Ele gostava de dançar, tomar cafezinho e abraçar as pessoas. Eu vou continuar a fazer isso por ele.

Do que sentiu mais falta de Portugal? 
Das pessoas, com certeza. Conheci pessoas incríveis e que vão permanecer na minha vida.

Texto: Luís Correia; Foto: Reprodução redes sociais

PUB