“É pena não teres morrido”: Margarida Aranha atacada por anónimos durante internamento

Margarida Aranha foi alvo de comentários de ódio numa altura em que está hospitalizada a recuperar de uma queda de sete metros. A ex-concorrente de “Love On Top” não se cala e responde à letra.

17 Out 2021 | 19:35
-A +A

Margarida Aranha mostrou algumas das mensagens recebidas em privado por parte de internautas em relação ao acidente que sofreu recentemente e que a atirou para a cama de um hospital. A ex-concorrente do reality show “Love on Top”, da TVI, caiu de uma altura de sete metros e ficou em mau estado.

“Caí de uma altura de sete metros. Graças a Deus, não caí de cabeça, porque tinha sido uma desgraça”, disse, recentemente. E esclareceu: “Não fui espancada. Já recebi montes de mensagens a perguntar isso”. Margarida Aranha revelou também aquilo que lhe foi dito pelos médicos: “Disseram que foi um milagre eu ter sobrevivido”.

Agora, Margarida Aranha mostrou algumas mensagens de ódio que tem recebido: “Corta os pulsos, estás toda queimada”, “Aproveita e põe o advogado na c***” e “É pena não teres morrido”.

A alentejana não gostou do que leu e reagiu. “Quando vi isto, não percebi se tinha pena da pessoa porque é completamente frustada e louca da cabeça, ou se simplesmente senti desprezo… Mas porquê, qual é a necessidade? Palavreados tão nojentos como foi o caso. É um perfil real, existe. Como é que é possível alguém desejar tanto mal a uma pessoa que não conhece. (…) Desejar tanta maldade não me cabe, não consigo entender… Fiquei um bocado chocada, sou sincera. É só para vocês verem a maldade que as pessoas transportam”, disse Margarida Aranha.

 

Margarida Aranha ainda não foi operada. E há um motivo

 

Margarida Aranha revelou, finalmente, porque é que ainda não foi operada. A jovem, que ficou conhecida pela sua participação no reality show “Love On Top” continua internada num hospital que prefere, por enquanto, não revelar o nome.

Através de vários vídeos, partilhados no InstaStories, ferramenta do Instagram, na manhã de quinta-feira, dia 14 de outubro, a alentejana – que já tinha dito que iria ser operada – explicou agora que ainda não foi submetida à cirurgia porque tem o pé demasiado inchado. Recorde-se que a jovem tem o pé e o braço partidos e a bacia rachada.

 

Texto: Márcia Alves; Fotos: reprodução redes sociais

PUB