De Carolina Deslandes a Virgul: Estes são os 20 compositores do Festival da Canção 2021

A RTP revelou, esta sexta-feira, o nome dos compositores dos 20 temas que estarão a concurso no Festival da Canção 2021. As datas das semifinais e da final do certame também já são conhecidas.

04 Dez 2020 | 16:10
-A +A

Já são conhecidos os compositores dos temas que vão lutar pela vitória do Festival da Canção 2021 e, assim, representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção do próximo ano. Dezoito deles foram convidados diretamente pela RTP, a organizadora do histórico certame de música, e os restantes dois escolhidos através da livre submissão de canções a concurso.

Entre os autores selecionados pela estação público, encontram-se nomes sonantes do panorama musical português, como Carolina DeslandesHélder Moutinho Virgul. Além destes, Anne Victorino d’Almeida, Da Chick, Fábia Maia, Filipe Melo, Ian, Irma, Joana Alegre, João Vieira, Karetus, Neev, Pedro da Linha, Stereossauro, Tainá, Tatanka e Viviane compõem a lista de compositores convocados pela RTP.

Miguel Marôco e Pedro Gonçalves são os autores das duas canções escolhidas a partir do concurso promovido pela organização do evento.

Nesta sexta-feira, a RTP revelou ainda o modelo que será usado no Festival da Canção 2021, em muito semelhante ao da edição anterior. Haverá duas semifinais, marcadas para os dias 20 e 27 de fevereiro, e as canções apuradas em ambas as eliminatórias lutarão pela vitória na final, agendada para 6 de março.

 

Elisa e Marta Carvalho não chegaram a representar Portugal

 

A edição deste ano do certame foi ganha pela canção “Medo de Sentir”, composta por Marta Carvalho e interpretada por Elisa. Por força da pandemia da COVID-19, o Festival Eurovisão da Canção não se realizou e, por isso, as duas jovens nunca chegaram a representar o nosso país internacionalmente.

Por opção da RTP, o tema vencedor não transitou para a próxima edição do concurso, ao contrário do que decidiram organizações de outros países.

O cenário ocorrido neste ano não acontecerá certamente em 2021, uma vez que cada país a concurso no Eurofestival “irá criar uma gravação ‘ao vivo’ antes do concurso, que poderá ser usada caso o concorrente não possa viajar para Roterdão devido à pandemia, ou no caso de, já nos Países Baixos, ter de ficar em quarentena”, informou a organização, no passado mês de novembro.

O Festival Eurovisão da Canção do próximo ano acontecerá, como é habitual, no mês de maio. As semifinais ocorrerão a 18 e 20 e a final no dia 22.

Portugal participa no certame internacional de música desde 1964, salvo cinco edições, e alcançou a vitória uma única vez. Foi em 2017, com a vitória da canção “Amar Pelos Dois”, composta por Luísa Sobral e interpretada pelo irmão, Salvador Sobral.

 

Texto: Dúlio Silva; Fotos: Arquivo Impala, Divulgação RTP e reprodução redes sociais

PUB
Top