Bronca: Leonor Poeiras arrasou Nuno Santos e a TVI em tribunal

Leonor Poeiras disse que se sentiu humilhada pelo, na época, diretor de programas e revela que foi obrigada a manter-se em gravações quando o seu filho foi agredido.

30 Jun 2022 | 23:00
-A +A

Já arrancou o processo judicial que Leonor Poeiras colocou contra a TVI após, em 2020, ter sido dispensada do canal sem qualquer fundamento ou indemnização. Em causa, está o facto de a profissional ter trabalhado sempre com recibos verdes, durante 17 anos, tendo celebrado vários contratos de prestação de serviços ao longo deste período.

Contudo, uma vez que a carreira de Leonor Poeiras foi desenvolvida na TVI, considera a acusação que o vínculo laboral adequado a esta situação é o de contrato sem termo, pelo que agora vem pedir uma indemnização de €1 286 608,20.

No seu extenso depoimento, no dia 27 de junho, no Tribunal de Cascais, Leonor Poeiras apontou várias críticas à TVI, arrasou Nuno Santos, o então diretor de programas do canal que acusa de a ter humilhado na derradeira conversa que ditou o seu afastamento da TVI, e fez revelações bombásticas sobre o que se passou aquando da estreia do formato “Quem Quer Casar com o meu Filho?” e sobre as consequências emocionais que se arrastam até hoje, resultantes da sua dispensa do canal.

Leia todos os pormenores na edição da TV 7 Dias que chega às bancas nesta sexta-feira, 1 de julho.

Texto: Carla Ventura; Fotos: D.R. e Reprodução redes sociais

PUB