Andreia Dinis ADIA segunda gravidez por FALTA DE TRABALHO: «É COMPLICADO»

Afastada da televisão há dois anos, a atriz revela ter saudades de trabalhar no pequeno ecrã. «Estou há muito tempo parada, é complicado», admite ainda, referindo-se a uma possível segunda gravidez.

21 Fev 2019 | 9:00
-A +A

Andreia Dinis, 41 anos, é atriz há 15, mas nem sempre teve trabalho na área. Ficou conhecida pelo grande público com a novela da TVI Baía das Mulheres, mas há dois anos que não dá vida a qualquer personagem em televisão. Instabilidade profissional que a faz adiar sonhos. Um deles, o de voltar a ser mãe.

«Gostava muito de ter mais filhos, mas infelizmente não está nos meus planos por causa da minha situação profissional. Se a minha situação profissional fosse outra, seguramente voltaria a ser mãe», conta a atriz, à margem do evento de apresentação da nova coleção da Aldo. O último trabalho de Andreia Dinis em televisão foi a série Ministério do Tempo, da RTP1, em 2017.

 

Veja também: Andreia sobre a mãe: «vou afastar a tristeza»

 

«O tempo consegue-se, consegue-se gerir. A parte financeira… Estou há muito tempo parada, é complicado. Estar parada faz com que tenha de fazer uma ginástica muito grande e psicologicamente é difícil, obviamente», afirma, para explicar que, quando terminou de gravar, precisou de um tempo para ela e para a família. «Agora já quero voltar, mas vamos ver o que é que há. Já tinha ficado parada assim antes de ter a Flor», assume.

E continua: «Quando é a própria pessoa a predispor-se a parar durante um determinado tempo, tudo bem, mas quando chega aquela altura em que já se tem saudades e não há qualquer projeto… ou o perfil não é para determinadas personagens, custa um bocadinho. O facto de não saber quando volto a trabalhar causa insegurança. Este é o grande problema desta profissão.»

 

Vida de atriz não é glamorosa

 

Andreia Dinis abre o livro e garante que a vida de atriz não é só cor de rosa. «As pessoas têm aquela ideia de que esta é uma vida glamorosa, de excessos, mas não é. Convém não ser para aquelas alturas e que não estamos a trabalhar e temos de fazer uma gestão», explica.

A atriz gostava de voltar em grande e a dar vida a uma vilã. Andreia acredita que tal possa estar para breve. «Gostava de fazer uma vilã, tenho saudades de fazer. O meu primeiro projeto, há 15 anos, foi uma vilã, na novela Baía das Mulheres, e desde essa altura nunca mais fiz. Há coisas na calha, nada a 100 por cento certo. Estou cheia de vontade de regressar», assume.

Sem lamentações e de sorriso nos lábios, Andreia afirma que esta paragem até lhe soube bem. «Permitiu-me fazer determinadas coisas que até aqui não conseguia, como cuidar de mim, estar mais próxima da família, fazer aquelas coisas do dia-a-dia que não temos tempo, normalmente… Mas agora já bate a saudade, as pessoas perguntam-me quando volto, e eu gostava de dizer, mas não sei», frisa.

 

Filha é o grande orgulho

 

Flor já tem oito anos e é o orgulho de Andreia. «A Flor é uma menina aplicada, aluna de Bons e Muito Bons, gosta de estudar e de aprender. Claro que, como qualquer criança, prefere brincar», ri-se.

Andreia ajuda a menina, fruto do relacionamento de longa data com Daniel Teixeira, a fazer os trabalhos de casa e revela que também ela teve de voltar a estudar. «Ajudo nos trabalhos de casa, ainda mais agora que estou mais presente. A matéria dada nestes anos é muito mais complicada do que na nossa altura. Dão coisas no quinto ano que nós dávamos no novo. Tudo bem que as crianças são esponjas, mas há coisas para as quais ainda não têm maturidade. Também tenho de estudar para a ajudar. A forma de aprendizagem é diferente», termina.

 

Texto: Ana Lúcia Sousa | Fotografias: reprodução redes sociais

PUB
Top