Alberta Marques Fernandes pensou que ia ser DESPEDIDA… por causa de um HAMBÚRGUER

Com quase três décadas de carreira, a jornalista revela que houve um episódio em que pensou que ia ser despedida. Valeu-lhe, nas palavras da própria, ser José Alberto Carvalho o seu diretor.

08 Fev 2019 | 16:30
-A +A

Questionada por Filomena Cautela e Inês Lopes Gonçalves, no programa da RTP1 5 para a meia-noite, se tinha tido «algum momento da sua carreira em que achasse que ia ser despedida», Alberta Marques Fernandes anuiu e recordou, em particular, um episódio.

«Acho que sim, com a história do hambúrguer. Achei que, pelo menos, um processo disciplinar iria ter. Mas o diretor era o José Alberto Carvalho, graças a Deus», lembrou a pivô da RTP3, referindo-se à altura em que o atual jornalista da TVI era o responsável pela pasta da Informação na estação estatal.

Mas, afinal, a que história se refere a jornalista que, há 26 anos, foi o primeiro rosto a surgir no primeiro canal de televisão privado português, a SIC? A própria a lembrou, em abril do ano passado, quando foi recebida por Rui Unas no podcast Maluco Beleza.

Veja também: Alberta afastada do ecrã devido a PROBLEMA DE SAÚDE

«Num fim de semana, estava a virar frangos [Alberta refere-se à apresentação de noticiários], estava no Twitter e há um tweet que diz: ‘Acabei de vir do McDonald’s com as minhas filhas’. E eu escrevi: ‘Ah, apetecia-me muito. Manda-me uma fotografia do hambúrguer’», recordou a jornalista.

Seguiu-se um autêntico debate naquela rede social. «As pessoas começaram a entrar» na discussão, desafiaram o internauta a levar um hambúrguer à jornalista às instalações da RTP e este logo aceitou o repto. Alberta confessou-se «sem noção» do impacto que a história viria a ter.

«Explosão no Twitter»

«Resumindo e concluindo: ele foi andando a caminho da hamburgaria, postando tweets pelo caminho. ‘E agora como é que te entrego?’ […] Alguém foi lá buscá-lo, eu recebi o hambúrguer na secretária, porque estava com jornais sucessivos e não podia sair de lá. Twittei a dizer que já tinha o hambúrguer e imensa gente entrou na conversa. Queriam que eu o comesse no ar.»

Recusando-se a fazê-lo, a jornalista propôs: «No próximo pivô, vou lê-lo com uma caneta na mão e vou mexê-la. Este é o sinal em como tenho o hambúrguer». E assim foi. Um gesto simples que, de acordo com Alberta, provocou «uma explosão no Twitter».

«No dia seguinte», Alberta Marques Fernandes recebeu telefonemas de alguma imprensa. «Pediram-me para eu contar a história e eu não queria acreditar. [Pensei:] ‘Vou ser despedida…’ […] Não tive noção do que se estava a passar, de que tinha havido tanta gente a ver e de que aquilo tinha tido aquela dimensão».

A reação surpreendente de José Alberto Carvalho

Assim que, nesse mesmo dia, a jornalista entrou na RTP, só pensou numa coisa: falar com o seu diretor, José Alberto Carvalho. «Ele estava numa reunião de coordenação, com coordenadores, editores. Eu passo, vejo o Zé e digo-lhe: ‘Posso falar contigo?’ E o Zé: ‘Anda cá, Alberta, anda cá! Olha, conta lá o que aconteceu ontem com o Twitter e com o hambúrguer’».

«Muito embaraçada», a pivô relatou o episódio a todos os presentes naquela sala. «Contei aquilo a pensar que iria ter um processo disciplinar», confessou a Rui Unas.

Veja também: O que disse Judite Sousa a Alberta Marques Fernandes?

Mas o mais surpreendente foi a intervenção do seu diretor. «Vocês estão a ver porque é que acho que todos devemos ter Twitter? Vocês já perceberam a importância das redes sociais? Vocês estão no século passado! O Twitter é importantíssimo. Algum de vocês tem Twitter? Vamos aproveitar isto a nosso favor e fazer uma peça sobre a importância do Twitter e acabamos com este fait diver do hambúrguer», defendeu José Alberto Carvalho, citado por Alberta.

No final da história, só faltava esclarecer um facto a Rui Unas. «O hambúrger estava bom?», brincou o humorista. «Estava ótimo», retribuiu Alberta.

Texto: Dúlio Silva | Fotografias: reprodução Instagram e arquivo Impala

PUB
Top