“A mais linda homenagem”: Mickael Carreira agradece apoio e fala de Sara Carreira

Mickael Carreira veio a público agradecer a todos os que fazem parte da Associação Sara Carreira, um projeto que o cantor descreve como “reflexo da gentileza” que a irmã “sempre demonstrou”.

13 Mai 2021 | 9:40
-A +A

Mickael Carreira recorreu às redes sociais, esta terça-feira, 11 de maio, para falar sobre a Associação Sara Carreira e agradecer a todos os que “fazem parte deste caminho”. O cantor, que é um dos embaixadores deste projeto de solidariedade  – que tem como objetivo ajudar crianças e jovens a concretizar os seus sonhos através da atribuição de bolsas de estudo – volta a enaltecer algumas das características de Sara Carreira, que perdeu a vida num acidente de viação a 5 de dezembro de 2020.

“Esta é a mais linda homenagem à minha irmã. A Associação Sara Carreira é reflexo da gentileza que ela sempre demonstrou”, lê-se na página de Instagram de Mickael Carreira.

“Só posso agradecer, publicamente, a todos os que fazem parte deste caminho e que, de alguma forma, possamos, em conjunto, concretizar os sonhos dos que tanto lutam para os materializar, ainda que, muitas vezes, o façam sem recursos”, concluiu o filho mais velho de Tony Carreira e Fernanda Antunes.

 

Mickael Carreira confessa: “Inevitavelmente, nunca mais serei o mesmo”

 

A Associação Sara Carreira conta com alguns parceiros e vários embaixadores que têm uma forte ligação ao percurso da cantora. Todos dão o seu contributo através da partilha, divulgação e participação em várias das ações que decorrerão ao longo do ano.

Entre eles estão Angie Costa, Bárbara Bandeira, a avó de Sara Carreira, Carolina Carvalho, Diana Chaves, Fernando Mendes, João Baião, João Manzarra, Kasha, Cláudia Vieira, Cláudio Ramos, Cristiano Ronaldo, Georgina Rodríguez, Júlia Pinheiro, Catarina Furtado, Manuel Luís Goucha, Fernanda Serrano, Tony Carreira, Fernanda Antunes e os filhos destes, Mickael Carreira e David Carreira.

No dia do lançamento da Associação Sara Carreira, Mickael Carreira assumiu a falta da caçula da família: “Não há um único dia em que não sinta a falta da minha irmã e, inevitavelmente, nunca mais serei o mesmo.”

“A Sara era alegria, bondade, união, empatia, generosidade! Infelizmente não teve tempo de concretizar tantos sonhos e projetos que nos deixou. Eu, a minha Mãe, o meu Pai e o David não queremos que a Sara seja esquecida, nem os seus valores”.

 

Texto: Carla S. Rodrigues; Fotos: Arquivo Impala e reprodução redes sociais

PUB
Top